A história da família Rivitti no Brasil se confunde com a história do Mercado Municipal Paulistano – ou Mercadão, como é carinhosamente chamado pelos comerciantes e clientes.

Após a revolução de 1932, Paulo Rivitti e Filomena Malagrino Rivitti vieram ao Mercadão, gostaram e resolveram que ali seria o local em que investiriam suas economias. No dia 25 de janeiro de 1933 já estavam instalados nos boxes 20 e 22 da rua J.

Várias gerações passaram e agora o boxe conta com a supervisão e gerência do Rivitti mais novo, Marcos Rivitti, responsável por reestruturar e modificar o ramo de atuação da família.